Páginas do TerraAvermelhada.blogspot.com

domingo, 20 de março de 2011

4 e 5 de Dezembro - Mubanga Lodge (1º dia)

Muitas vezes nos queixamos de que estamos longe da família, da nossa casa, dos nossos amigos, mas não pensamos na sorte que temos em poder aproveitar determinados lugares com determinadas pessoas. Vivemos em busca daquilo que não podemos ter num preciso momento, mas esquecemos por completo de aproveitar da melhor maneira possível, com todas as nossas forças e energia, as oportunidades que vamos tendo.

Estava a ouvir uma música muito especial, que fará parte da banda sonora da minha vida, quando ganhei inspiração para escrever este post.

Ao olhar para trás talvez me aperceba que não aproveitei aquele dia e meio como deveria, nomeadamente porque levava um caderno de legislação cambial para ler para uma reunião de segunda-feira, e hoje arrependo-me. Arrependo-me porque estas oportunidades não ocorrem todos os dias, como as reuniões, no espaço entre as quais podemos ler a legislação, e quando ocorrem o tempo parece escorrer-nos entre os dedos e não o sabemos aproveitar. Espero que uma das coisas que a estadia em Angola me ensine seja isso mesmo, aprender a aproveitar e tirar o melhor partido do tempo e das pessoas, quando apenas isso é necessário.

Ensinamentos à parte, a ida ao Mubanga iniciou-se com expectativa. O Lu e Andreia já lá tinham estado para um almoço de Domingo e falavam maravilhas, como tal aqueles quilómetros que nos separavam do Lodge teimavam em passar. Quando chegámos olhámos em redor e ficámos deslumbrados pelo sossego e pela paisagem. Espero que as imagens vos provoquem efeito semelhante:


Foram-nos de imediato atribuidos os quartos, com vista para a Lagoa. Os quartos, que é como quem diz, as cabanas super românticas que se espalhavam ao redor da Lagoa, umas mais próximas que outras. Confesso que ainda estava pouco esquecida da experiência com animaizinhos rastejantes na Fazenda Cabuta e depois da gerente ter dito com um sorriso “atenção que se encontrarem umas coisinhas pretas não é de ratos ou falta de limpeza, é das osgas que andam por aí”, nem mesmo o magnífico aspecto dos quartos, o revestimento robusto a madeira e a boa tranca da porta me fizeram esquecer as imagens recentes... e não é que, de entre os três quartos que fomos ocupar, nós fomos os únicos com um presente no quarto? Coitadinha, era tão pequenina, bebé, acabada de nascer, que até deu pena matar. Tive um daqueles rasgos de amor-ódio e depois de gritar para o repórter “MATA!” disse de imediato “Oh, mas é tão pequenina!”... os pesadelos a respeito da mãe poder vir procurá-la assombraram-me um bocadinho, mas depois da piscina, de um bom banho, um excelente jantar e do conforto dos lençóis brancos com cheirinho a lavado tal e qual os da mamã, tudo se desvaneceu!

O calor convidava a banhos e depois do repasto fomo-nos estender ao sol e aproveitar a água, quentinha quentinha, que nem apetecia sair... já o sol perdia a força e teimávamos em ficar por ali!

Um rápido olhar para o pôr-do-sol deu-me uma ideia para concretizar umas fotos que queria ter para o casamento, pelo que pedi à Andreia que tentasse executar. Ora bem, imagem que pedem camarão e vos trazem um buffet de marisco? Foi quase isso que aconteceu a seguir à primeira foto, plano daqui, plano dali, beijo e mais beijinho, e não queriamos parar, nem nós nem a fotógrafa :) Mas o buffet não foi só para dois, a seguir à nossa sessão veio a sessão Sérgio e Mara já com as luzes da noite a darem um efeito especial ao preto e branco!

Aproveitando o pôr-do-sol o repórter entreteve-se ainda a captar mais algumas imagens:






O final do dia, logo após o jantar ainda nos traria momentos hilariantes protagonizados por uma das crianças que pertencia ao grupo que também ali estava alojado, a qual simpatizou com o repórter e conduzia todas as brincadeiras com ele!

O dia ia longo longo, e era hora de recolher... que amanhã havia mais... ou não :)

P.S. - Contactos no post seguinte.

4 comentários:

Anónimo disse...

Ola tudo bem??
Eu e meu marido estamos com muita vontade de conhecer esse lodge, mais nao estou conseguindo contato. Vc poderia me passar algum contato se possivel???

ziely may disse...

meu nome eh ziely may

repórteres de improviso disse...

Cara Ziely May.

As nossas desculpas pelo atraso na resposta mas os dias têm sido curtos...

Amanhã colocaremos o contacto.

Certamente que já ouviu falar muito sobre o local...

Nós confirmamos apenas que é fantástico...

;)

Co-repórter disse...

Cara Ziely, lamento o atraso a divulgar os contactos, têm sido dias longos, muito mesmo...
933 207 093
936 117 982
Email: mubangalodge@gmail.com
Morada: Estrada do Kinfangondo - Cabire - Bairro Km 56
Bengo, Angola

Espero que tenha uma estadia tão boa como a nossa, mas sem chuva :)

Cumps,
Co-repórter

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...